Viu Review - Tendências - O nicho da Animação que virou centro das atenções (parte II)
Receba nossas novidades em primeira mão!
Terça, 19 Maio 2020 16:42

Tendências - O nicho da Animação que virou centro das atenções (parte II)

Escrito por
Rate this item
(0 votes)

Na segunda parte desse especial sobre Animação para o público adulto, chegou a hora de conhecermos os projetos que estão em produção (ou que já foram produzidos) de mais 6 serviços de streaming, são eles: Quibi, Fox, Hulu, Adult Swim, Showtime e CBS All Access. Confira:

Quibi

1. Micro Mayhem

Jon Favreau e Seth Green

Criado por Eric Towner (Frango Robô), “Micro Mayhem” é uma série de stop-motion onde carros em miniatura são os personagens da história. Inspirado no curta viral homônimo feito por Towner e John Harvatine IV, a produção mostra corridas violentas, porém cômicas, com os carros dominando a cena com imensa atitude e personalidade em um diálogo de pura ação. Jon Favreau e Seth Green são os produtores executivos de “Micro Mayhem”. 

Assista o excelente curta-metragem aqui:

2. Trill League

Quibi e Lionsgate firmaram uma parceria com o rapper 50 Cent para a série “Trill League”, uma adaptação da graphic novel de Anthony Piper, uma combinação de super-heróis, anime e cultura hip-hop. Na era da injustiça social e agressões virtuais, uma liga de super-heróis negros chamada “Trill League” tem a missão de salvar o mundo de monstros, vilões e haters de todos os tipos. A animação faz paródia de vários personagens da DC Comics, assim como da sociedade americana atual, e surgiu com uma campanha na plataforma de fomento colaborativo Kickstarter.  

3. Your Daily Horoscope

Do mesmo criadores de BoJack Horseman, Will Arnett apresenta “Your Daily Horoscope”, uma atração que acompanha a vida de 12 personagens que representam os signos do zodíaco. Os episódios terão 45 segundos de duração. A série mostra os percalços dos 12 millennials da astrologia, que trabalham em uma startup chamada "Estrella". Os personagens têm características que coincidem com as dos seus signos. A série será publicada cinco vezes por semana com os doze segmentos personalizados a cada dia e conta com o apoio de um experiente astrólogo.

Fox

1. Duncanville (estreou em 16 de fevereiro)

Co-criado por Amy Poehler (Parks and Recreation), Mike Scully (The Simpsons) e Julie Scully (The Simpsons), “Duncanville” conta a história de Duncan Harris, um adolescente de 15 anos que sempre está prestes a fazer uma besteira. Junto com o garoto moram sua mãe, que trabalha como guarda de um parque, mas sonha em se transformar em detetive; seu pai, que tenta ser um exemplo de pai melhor do que ele teve quando criança; sua irmã, uma adolescente normal passando pelas fases tradicionais da puberdade; e sua irmã adotada, que é uma menina de 5 anos superinteligente e sempre oferece conselhos a Duncan. 

2. Housebroken

Lisa Kudrow e Sharon Horgan

Escrita por Clea DuVall (Veep), Jennifer Crittenden (Seinfeld), Gabrielle Allan (Veep), “Housebroken” é uma comédia irreverente que investiga as disfunções humanas e neuroses por meio de um grupo de animais da vizinhaça que mora no subúrbio. Honey é o cachorro responsável por comandar sessões de terapia para ajudar os colegas da região a gerenciar as complexidades trazidas por seus donos humanos. Lisa Kudrow e Sharon Horgan são dois dos nomes famosos envolvidos no projeto.   

3. Bless the Harts (estreou em setembro de 2019)

Uma família trabalhadora da Carolina do Norte é o ponto central de “Bless The Harts”, criação de Emily Spivey (The Last Man On Earth). Jenny Hart é uma garçonete que sempre tenta fazer as contas fecharem no final do mês. Sua filha Violet Hart e sua mãe Betty Hart moram junto com Jenny e seu namorado Wayne. Os Harts desejam intensamente viver o sonho americano, mas eles nunca conseguem sair do vermelho. A história é inspirada na vida de Emily, que cresceu na Carolina do Norte. A primeira temporada foi exibida em setembro de 2019 e a Fox já confirmou a segunda para este ano (2020).    

Hulu

1. Solar Opposites (estreou em 08 de maio)

Dupla famosa pela animação “Ricky and Morty”, Justin Roiland e Mike McMahan são os responsáveis pela história que acompanha uma família de alienígenas de um planeta avançado forçada a viver no interior dos Estados Unidos. Lá, eles tentarão enteder se a humanindade é horrível ou impressionante.

2. Crossing Swords (estreia em 12 de junho)

Ambientado em um reino feudal, a animação é uma produção em stop-motion de John Harvatine IV e Tom Root, produtores executivos de “Frango Robô”. Na história, um camponês chamado Patrick consegue um emprego como escudeiro do castelo real. Lá, ele acaba descobrindo que a alta cúpula do reino é frequentada por pessoas depravadas e com grande interesse sexual. Em sua jornada para se tornar um cavaleiro, Patrick precisará lidar com a tentação a cada esquina.

 Adult Swim

1. JJ Villard’s Fairy Tales (estreou em 10 de maio)

Uma pegada engraçada e pouco distorcida dos contos de fadas dos Irmãos Grimm. “JJ Villard’s Fairy Tales” propõe uma releitura dos clássicos como Cinderella e Branca de Neve, com um toque de esquisitice e elementos viscerais. A série é criação de JJ Villard (King Star King).   

2. YOLO:Crystal Fantasy

Sarah e Rachel são duas garotas australianas que adoram uma festa. Elas sempre estão à procura de diversão, novas experiências e vibes positivas na bizarra cidade de Wollongong. O objetivo de Sarah é encontrar o amor, enquanto Rachel anseia pelo caos, o que normalmente as leva ao conflito durante suas peripécias. A criação é Michael Cusack (All Night Gaming).

3. Uzumaki

Junji Ito é um dos nomes mais celebrados do horror no Japão. Logo, uma adaptação do seu clássico manga para a TV também é motivo de comemoração. A série acompanha moradores de uma cidade fictícia que é alvo uma maldição sobrenatural que envolve coisas com o formato em espiral. A atração é parte terror psicológico, ao mostrar como a cidade vai à loucura, mas também oferece cenas esteticamente horripilantes. Em quatro episódios, a série tem previsão de estreia ainda em 2020.

Showtime

Our Cartoon President

Outra criação de Stephen Colbert, “Our Cartoon President” transforma os absurdos proferidos pelo presidente americano Donald Trump em roteiro de comédia. A série acompanha o dia a dia nada trivial do chefe de Estado, enquanto despacha com assessores, conversa com familiares, confidentes, dá entrevistas e dispara fake news sobre a imprensa. O projeto é um sucesso e lançou sua terceira temporada em janeiro deste ano.

CBS All Access

1. Tooning Out The News (estreou em 07 de abril)

Um telejornal satírico que faz piada com as notícias do dia. Essa é a proposta do “Tooning Out The News”, que apresenta um time de âncoras e repórteres, todos em sua versão animada. Liderados por James Smartwood, o programa entrevista convidados reais e repercute os acontecimentos do momento. A série tem a produção executiva de Stephen Colbert e Chris Licht, da atração “The Late Show with Stephen Colbert”, e de RJ Fried e Tim Luecke, do desenho “Our Cartoon President”.    

2. Star Trek: Lower Decks

Se você é fã da saga Star Trek, deve estar empolgado com essa novidade. “Star Trek: Lower Decks”, criada por Mike McMahan (South Park, Ricky and Morty), é parte da expansão da franquia original, que acompanha a equipe de suporte da U.S.S. Cerritos no ano de 2380. Essa é a primeira animação desenvolvida para o serviço de streaming CBS All Access e também o primeiro desenho do Star Trek desde os anos 1970. A primeira temporada da série será lançada ainda em 2020 e terá 10 episódios.

3. The Harper House

Brad Neely

Criado por Brad Neely (South Park e China, IL), “The Harper House” conta a história de uma mulher chefe de família superconfiante que precisa lidar com as dificuldades para se recompor na vida após perder seu emprego e se mudar para o bairro pobre da sua pequena cidade no Arkansas. Para economizar dinheiro, ela e a família passam a morar em uma casa herdada em estilo Vitoriano caindo aos pedaços, a histórica Harper House. A série ainda não tem data de lançamento.

Read 244 times Last modified on Terça, 19 Maio 2020 22:51