Viu Review - Years and Years
Years-and-Years.jpg

Years and Years

Elenco
Rory Kinnear, T'Nia Miller, Anne Reid
Ano
2019
País
Reino Unido

Drama HBO Max ml-relacoes ml-politico ml-tecnologia ml-familia ml-bm

Years and Years

Quando eu assisti o primeiro episódio de "Years and Years" eu me senti obrigado a escrever minhas primeiras impressões no "Viu no Blog". Estava claro para mim que se tratava de uma minissérie diferente, completamente fora dos padrões que havia acompanhado recentemente - era como se eu me reencontrasse com um Black Mirror de 2013, disruptivo, inteligente, provocador! Depois de assistir a temporada inteira, posso te garantir: "Years and Years" não ficou só na promessa de um grande primeiro episódio, é, de fato, uma grande temporada!

São 6 episódios, de uma hora em média, que mostram o que aconteceria na Inglaterra (e no mundo) se continuarmos agindo com a irresponsabilidade de hoje (as conjugações dos verbos não estão erradas - é isso mesmo que eu quis dizer). É um futuro distópico? Sim e não... e isso é assustador!!! Em cada episódio, com saltos de 1 ano, vemos o Caos sendo construído, reflexo das nossas escolhas como sociedade: crise imigratória, bancos quebrando, efeito estufa, extremismo político, queda de conglomerados de mídia, epidemias; tudo isso pelo ponto de vista de uma família tradicional de Manchester. A degradação da sociedade e os reflexos individuais são colocados tão organicamente na narrativa que, juro, parece que estamos assistindo um documentário da BBC. 

A cada ano os quatro netos de Muriel (Anne Reid), se reunem em algumas datas comemorativas para perpetuar uma a tradição da família típica britânica, no caso os Lyons. São quatro irmãos: Stephen (Rory Kinnear), um conselheiro financeiro e pacato homem de família casado com um mulher negra e com duas filhas; Daniel (Russell Tovey), um agente habitacional, gay e casado com Ralph (Dino Fetscher); Rosie (Ruth Madeley), uma mãe solteira, cadeirante, com dois filhos pequenos de pais diferentes; e a ativista política Edith (Jessica Hynes), sempre envolvida em lutas globais e com uma certa fama na Inglaterra. "Years and Years" acompanha esses personagens entre os anos de 2019 e 2034 em um Reino Unido pós-Brexit, vivendo o final do segundo mandato de Donald Trump e observando a ascensão econômica e política da China. Tudo isso, pontuado pelo crescimento de um partido de extrema-direita liderado pela populista Vivienne Roock (Emma Thompson), que pouco a pouco vai ganhando força até começar a incomodar um status-quo conservador e egocêntrico! 

De fato "Years and Years" junta elementos muito interessantes para construir sua narrativa - é como se "Black Mirror" se encontrasse com "This is Us" e "Privacidade Hackeada". Essa mistura transforma a minissérie da HBO (+BBC) em algo único, novo e com aquela qualidade que já estamos acostumados. Os roteiros são excelentes (embora em alguns momentos alguém possa achar que são lentos demais) porque mostram as transformações dos Lyons ano após ano. Os gatilhos que conduzem essas transformações são mostrados como reportagens, com a família reunida assistindo TV e isso nos trás uma sensação de veracidade incrível. O genial da história é a forma distópica (e as vezes exagerada - propositalmente) de como o indivíduo se relaciona com o novo, com uma sociedade tóxica. A sensação do "tão longe, tão perto" é absurda! Os episódios são muito bem produzidos, lindamente fotografados e muito, mas muito criativos. "Years and Years" não precisa mostrar tudo, ele mostra só o que interessa e isso choca demais! Anne Reid, como a mais velha representante de uma geração, está absurdamente bem - é uma aula de atuação. Seu monólogo no último episódio é um tapa na cara de todos nós (lembrem-se disso!). O episódio 5, especialmente, é chocante, resultado de uma construção cuidadosa que deveria servir de modelo em aulas de roteiro. Impecável!!!!

"Years and Years" não é entretenimento puro, é uma minissérie que não vai agradar a todos, mas que tem a sensibilidade de fazer um retrato da sociedade sem levantar bandeiras explicitamente e isso nos incomoda muito mais do que qualquer discussão de Facebook! "Years and Years" é um golaço da HBO/BBC, com personagens complexos, profundos e reais. Com histórias marcantes, envolventes e provocadoras. Com diálogos inteligentes e sensíveis. É um retrato do que ainda não existe, mas que já conhecemos - por mais absurda que essa frase possa parecer!!!! Vale muito a pena!!! Vale muito o play!!!

Assista Agora

Quando eu assisti o primeiro episódio de "Years and Years" eu me senti obrigado a escrever minhas primeiras impressões no "Viu no Blog". Estava claro para mim que se tratava de uma minissérie diferente, completamente fora dos padrões que havia acompanhado recentemente - era como se eu me reencontrasse com um Black Mirror de 2013, disruptivo, inteligente, provocador! Depois de assistir a temporada inteira, posso te garantir: "Years and Years" não ficou só na promessa de um grande primeiro episódio, é, de fato, uma grande temporada!

São 6 episódios, de uma hora em média, que mostram o que aconteceria na Inglaterra (e no mundo) se continuarmos agindo com a irresponsabilidade de hoje (as conjugações dos verbos não estão erradas - é isso mesmo que eu quis dizer). É um futuro distópico? Sim e não... e isso é assustador!!! Em cada episódio, com saltos de 1 ano, vemos o Caos sendo construído, reflexo das nossas escolhas como sociedade: crise imigratória, bancos quebrando, efeito estufa, extremismo político, queda de conglomerados de mídia, epidemias; tudo isso pelo ponto de vista de uma família tradicional de Manchester. A degradação da sociedade e os reflexos individuais são colocados tão organicamente na narrativa que, juro, parece que estamos assistindo um documentário da BBC. 

A cada ano os quatro netos de Muriel (Anne Reid), se reunem em algumas datas comemorativas para perpetuar uma a tradição da família típica britânica, no caso os Lyons. São quatro irmãos: Stephen (Rory Kinnear), um conselheiro financeiro e pacato homem de família casado com um mulher negra e com duas filhas; Daniel (Russell Tovey), um agente habitacional, gay e casado com Ralph (Dino Fetscher); Rosie (Ruth Madeley), uma mãe solteira, cadeirante, com dois filhos pequenos de pais diferentes; e a ativista política Edith (Jessica Hynes), sempre envolvida em lutas globais e com uma certa fama na Inglaterra. "Years and Years" acompanha esses personagens entre os anos de 2019 e 2034 em um Reino Unido pós-Brexit, vivendo o final do segundo mandato de Donald Trump e observando a ascensão econômica e política da China. Tudo isso, pontuado pelo crescimento de um partido de extrema-direita liderado pela populista Vivienne Roock (Emma Thompson), que pouco a pouco vai ganhando força até começar a incomodar um status-quo conservador e egocêntrico! 

De fato "Years and Years" junta elementos muito interessantes para construir sua narrativa - é como se "Black Mirror" se encontrasse com "This is Us" e "Privacidade Hackeada". Essa mistura transforma a minissérie da HBO (+BBC) em algo único, novo e com aquela qualidade que já estamos acostumados. Os roteiros são excelentes (embora em alguns momentos alguém possa achar que são lentos demais) porque mostram as transformações dos Lyons ano após ano. Os gatilhos que conduzem essas transformações são mostrados como reportagens, com a família reunida assistindo TV e isso nos trás uma sensação de veracidade incrível. O genial da história é a forma distópica (e as vezes exagerada - propositalmente) de como o indivíduo se relaciona com o novo, com uma sociedade tóxica. A sensação do "tão longe, tão perto" é absurda! Os episódios são muito bem produzidos, lindamente fotografados e muito, mas muito criativos. "Years and Years" não precisa mostrar tudo, ele mostra só o que interessa e isso choca demais! Anne Reid, como a mais velha representante de uma geração, está absurdamente bem - é uma aula de atuação. Seu monólogo no último episódio é um tapa na cara de todos nós (lembrem-se disso!). O episódio 5, especialmente, é chocante, resultado de uma construção cuidadosa que deveria servir de modelo em aulas de roteiro. Impecável!!!!

"Years and Years" não é entretenimento puro, é uma minissérie que não vai agradar a todos, mas que tem a sensibilidade de fazer um retrato da sociedade sem levantar bandeiras explicitamente e isso nos incomoda muito mais do que qualquer discussão de Facebook! "Years and Years" é um golaço da HBO/BBC, com personagens complexos, profundos e reais. Com histórias marcantes, envolventes e provocadoras. Com diálogos inteligentes e sensíveis. É um retrato do que ainda não existe, mas que já conhecemos - por mais absurda que essa frase possa parecer!!!! Vale muito a pena!!! Vale muito o play!!!

Assista Agora

Você também demora para encontrar o que quer assistir?

Cadastre-se na Viu Review e tenha sempre a sugestão ideal para o seu gosto!

Cookies: a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.