Viu Review - A voz mais forte
A-voz-mais-forte.jpg

A voz mais forte

Diretor
Kari Skogland
Elenco
Russell Crowe, Sienna Miller, Seth MacFarlane
Ano
2019
País
EUA

Drama Globoplay ml-real ml-politico ml-assedio ml-jornalismo ml-livro ml-hoc ml-gb

A voz mais forte

Diferente de "O Escândalo", onde o linha narrativa tinha como único foco as denúncias de assédio sexual (e moral) contra o então presidente e fundador da Fox News, Roger Ailes, a partir da iniciativa de Gretchen Carlson (Nicole Kidman) e do apoio de Megyn Kelly (Charlize Theron), ambas ancoras do canal, "A voz mais forte" traz um contexto um pouco mais amplo, muito mais interessante e profundo sobre Ailes, apontando sua capacidade única como executivo de TV, sua enorme influência politica e, claro, seu comportamento deplorável -  Ailes era um personagem tão complexo e ambíguo, que suas ações soam naturais (para ele e para quem o admira cegamente), como se sua genialidade lhe permitisse agir como bem entendesse, com homens e, principalmente, com mulheres.

Os fatos que assistimos em "O Escândalo" representam apenas dois (importantes) episódios da minissérie da Showtime, o que permite construir um perfil mais rigoroso de Roger Ailes, sem a pressa de um longa metragem de duas horas - e isso faz toda diferença na narrativa e também no nosso julgamento, já que não deixa brecha para qualquer tipo de justificativa ou desculpa para o que poderia ser um ato isolado de Ailes. "A voz mais forte" (ou "The Loudest Voice") é baseada no best-seller, The Loudest Voice in the Room, de Gabriel Sherman e conta a história do falecido executivo e fundador da Fox News, se concentrando nas últimas duas décadas, quando Ailes se tornou uma potente voz do Partido Republicano nos EUA ao colocar suas preferências politicas como guia editorial que levou a Fox a se tornar líder de audiência da TV a cabo no segmento de notícias - justamente por isso, as acusações de assédio sexual que vieram à tona em 2016 foram tão impactantes e culminaram no encerramento da sua brilhante carreira prematuramente. Confira o trailer:

"A voz mais forte" tem sete episódios de uma hora e retrata alguns anos chave da vida de Ailes , porém o mais bacana é que a vida do executivo vai se misturando com inúmeros fatos marcantes da história recente dos Estados Unidos. A maneira como o roteiro e a edição costuram essas situações dão uma dinâmica incrível para a minissérie e nos ajudam a desvendar a personalidade do protagonista. Vale ressaltar que o diretor vai pontuando o comportamento de Ailes de uma maneira muito discreta e que só vai se intensificando com o passar do tempo - isso nos permite entender exatamente como tudo aconteceu, como um homem idolatrado e respeitado por muitos era, na verdade, um ser humano desprezível!

Se você gostou de "O Escândalo ou de "The Morning Show", "A voz mais forte" é para você! A história vai, de fato, te impactar, tanto pela dinâmica politica e corporativa da jornada, quanto pela construção e queda de um mito quando das denúncias de Gretchen. Olha, mais uma vez será preciso ter estômago, mas como contexto histórico e importância na luta contra o assédio, vai valer muito a pena!

Assista Agora ou

Diferente de "O Escândalo", onde o linha narrativa tinha como único foco as denúncias de assédio sexual (e moral) contra o então presidente e fundador da Fox News, Roger Ailes, a partir da iniciativa de Gretchen Carlson (Nicole Kidman) e do apoio de Megyn Kelly (Charlize Theron), ambas ancoras do canal, "A voz mais forte" traz um contexto um pouco mais amplo, muito mais interessante e profundo sobre Ailes, apontando sua capacidade única como executivo de TV, sua enorme influência politica e, claro, seu comportamento deplorável -  Ailes era um personagem tão complexo e ambíguo, que suas ações soam naturais (para ele e para quem o admira cegamente), como se sua genialidade lhe permitisse agir como bem entendesse, com homens e, principalmente, com mulheres.

Os fatos que assistimos em "O Escândalo" representam apenas dois (importantes) episódios da minissérie da Showtime, o que permite construir um perfil mais rigoroso de Roger Ailes, sem a pressa de um longa metragem de duas horas - e isso faz toda diferença na narrativa e também no nosso julgamento, já que não deixa brecha para qualquer tipo de justificativa ou desculpa para o que poderia ser um ato isolado de Ailes. "A voz mais forte" (ou "The Loudest Voice") é baseada no best-seller, The Loudest Voice in the Room, de Gabriel Sherman e conta a história do falecido executivo e fundador da Fox News, se concentrando nas últimas duas décadas, quando Ailes se tornou uma potente voz do Partido Republicano nos EUA ao colocar suas preferências politicas como guia editorial que levou a Fox a se tornar líder de audiência da TV a cabo no segmento de notícias - justamente por isso, as acusações de assédio sexual que vieram à tona em 2016 foram tão impactantes e culminaram no encerramento da sua brilhante carreira prematuramente. Confira o trailer:

"A voz mais forte" tem sete episódios de uma hora e retrata alguns anos chave da vida de Ailes , porém o mais bacana é que a vida do executivo vai se misturando com inúmeros fatos marcantes da história recente dos Estados Unidos. A maneira como o roteiro e a edição costuram essas situações dão uma dinâmica incrível para a minissérie e nos ajudam a desvendar a personalidade do protagonista. Vale ressaltar que o diretor vai pontuando o comportamento de Ailes de uma maneira muito discreta e que só vai se intensificando com o passar do tempo - isso nos permite entender exatamente como tudo aconteceu, como um homem idolatrado e respeitado por muitos era, na verdade, um ser humano desprezível!

Se você gostou de "O Escândalo ou de "The Morning Show", "A voz mais forte" é para você! A história vai, de fato, te impactar, tanto pela dinâmica politica e corporativa da jornada, quanto pela construção e queda de um mito quando das denúncias de Gretchen. Olha, mais uma vez será preciso ter estômago, mas como contexto histórico e importância na luta contra o assédio, vai valer muito a pena!

Assista Agora ou

Você também demora para encontrar o que quer assistir?

Cadastre-se na Viu Review e tenha sempre a sugestão ideal para o seu gosto!

Cookies: a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.