Viu Review - Game of Thrones - O problema da qualidade da imagem não foi da transmissão!

Bem-vindo ao Blog da Viu Review

Segunda, 29 Abril 2019 14:13

Game of Thrones - O problema da qualidade da imagem não foi da transmissão!

Escrito por
Rate this item
(0 votes)

Muitas pessoas reclamaram da qualidade da imagem do 3º Episódio da última temporada de Game of Thrones e culparam a HBO ou até mesmo o serviço de TV por assinatura que transmitia a série. O fato é que o problema pode não ter sido da transmissão e sim da sua TV!

A tão esperada "Batalha de Winterfell", certamente, foi uma das maiores sequências de "Batalhas" da história da TV (e, se bobear, do cinema), porém a maneira como ela foi dirigida (e fotografada) também pode ter gerado uma das maiores frustrações para quem acompanha a série desde seu início e aguardava ansiosamente o encontro do Rei da Noite com Jon Snow! O fato é que 95% do público que assistiu o episódio não conseguiu ver muita coisa, pois as cenas estavam escuras e pareciam estar em baixa qualidade! Existe um pouco de razão nessa reclamação, pois as escolhas do Diretor e do Fotografo prejudicaram a experiência de muita gente, mas, tecnicamente, o problema pode ser da tecnologia da sua TV. Vou tentar explicar de uma maneira simples o que aconteceu:

Como, basicamente,  tudo foi feito para exaltar a escuridão e a "Longa Noite" que chegava, era necessário filmar usando o preto como base na composição das cenas. Acontece que uma TV de LED é incapaz de ler essa informação de maneira isolada, ou seja, tudo que não é preto “acende” na mesma área do preto, não respeitando os limites entre as cores e estragando a imagem. Na TV de LED, mesmo as 4K, o preto nunca será só preto por causa dessa interferência da "luz" das outras cores que compõem a cena - e no caso existia uma névoa sobre o preto para complicar!!!!

Outro fator técnico que também ajudou a dificultar o entendimento das Cenas de Batalha foi a velocidade da ação. Como as cenas estavam muito escuras, o contraste das TVs de LED não segurou a velocidade de transmissão, dando a impressão que as imagens estavam borradas! Era muita informação na cena, pouca luz para codificar essa informação e uma velocidade muito alta! O fato do Diretor e do Diretor de Fotografia terem usado lentes mais fechadas, com a velocidade de ação que eles propuseram e com esse problema de iluminação, sujou demais as cenas, ficando praticamente impossível de acompanhar com clareza o que acontecia. A escolha conceitual do Diretor Miguel Sapochnik não era ruim, claro, mas nas condições de iluminação que filmaram acabou gerando um problema! Na "Batalha dos Bastardos" (que ele também dirigiu), por exemplo, ele acabou aplicando um tom mais azulado nas cenas de batalha, o que ajudou a desenhar o contraste com o preto e facilitou o entendimento das sequências. Mesmo em momentos de muita velocidade de ação, as cenas ficaram mais claras. Naquela montagem, ele pareceu ter privilegiado os planos mais abertos também, deixando os fechados apenas para os momentos de desespero do Jon. Já na "Batalha de Winterfell" não! Como eram muitos personagens "chaves", ele não conseguiu usar a mesma técnica em todo momento - eram muitas histórias pra contar, ficaria repetitivo!

Nas TVs de OLED as cenas devem ter ficado perfeitas, pois nessa tecnologia, o que não é preto “acende” exatamente no seu lugar e o contraste é 100% respeitado - assim não há interferência, pois as informações da imagem acendem ponto a ponto e não em "blocos" como o LED!!! Onde existia névoa seria uma cor, onde fosse preto seria um preto puro e com isso, dependendo dos Hertz (Hz) da frequência da TV,  a chance de borrar a imagem cai para praticamente zero, mesmo nas cenas de ação.

Tenho certeza que as cenas foram grandiosas da maneira como foi filmada/fotografada, a história foi bem contada - mas, para mim, o grande tiro no pé foi a falta de percepção em entender como a audiência iria consumir aquele conteúdo que foi filmado - era para ser mais escuro mesmo, o roteiro pedia isso, mas era possível entregar aquele "mood"? Os realizadores simplesmente fecharam os olhos para uma limitação técnica de quem não tinha uma TV de OLED ou nem se deram conta que grande parte da audiência sofreria com a falta de iluminação das cenas? Difícil saber, mas essa dificuldade acabou gerando um mal estar entre a audiência que talvez tenha só relevado o problema pelo grande episódio que foi - certamente o melhor da Temporada até aqui!!!! 

 

Glossário:

LED - Uma TV de LED nada mais é que uma TV de LCD retroiluminada por LED. Ou seja, usa vários diodos emissores de luz (LEDs) por trás de um painel LCD. São mais comuns no mercado.

OLED - São os televisores mais modernos (e caros) hoje no mercado. É uma evolução das tvs LED. O painel emite a luz a partir de uma corrente elétrica, dispensando a iluminação na parte de trás. Sem a necessidade da uma tela de cristal líquido, gasta menos energia e é mais fina. Tem tem melhor contraste, brilho e ângulo de visão e exibe o "preto real" em vez de um tom acinzentado.

Read 12671 times Last modified on Quinta, 02 Maio 2019 15:00
More in this category: Game of Thrones - A Lista de Arya »

Cookies: a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.